Coronavírus: saiba como eliminar vírus e bactérias dos ambientes


 

Após ser utilizada como uma potente estratégia de combate à Covid-19 -- doença causada pelo novo Coronavírus -- na China, a sanitização de ambientes ganhou força em grande parte dos países.

 

O procedimento nada mais é do que utilizar uma tecnologia de ponta para eliminar e impedir a proliferação de vírus, bactérias, fungos e outros micro-organismos nocivos à saúde humana nos ambientes.

 

A sanitização é, cada vez mais, utilizada em supermercados, hospitais, comércios, indústrias e, até mesmo, em residências devido ao seu alto poder de limpeza e higienização. Até porque, caso alguém com o vírus espirre no ambiente, ele ficará poluído. E só a desinfecção é capaz de eliminar o micro-organismo do ambiente (principalmente se ele for fechado e com pouca ventilação).

 

 

Veja também: Higienizar o ar-condicionado ajuda na prevenção da Covid-19

 

 

Como funciona a Sanitização de ambientes


Como já mencionamos anteriormente, a sanitização é um processo de higienização e eliminação de agentes causadores de infecções respiratórias e alergias.

 

Especificamente contra o Coronavírus, a ação é eficaz na eliminação, mas precisa ser complementada com a limpeza e desinfecção de áreas de manuseio constante, como maçanetas, puxadores de armários e eletrodomésticos.

 

 

Benefícios da Sanitização de ambientes feita pela Pragtech

 

-  Suas ações tornam o ambiente e as superfícies livres das ameaças invisíveis do cotidiano

 

- Os produtos utilizados pela Pragtech protegem e conservam as superfícies de móveis, paredes, objetos, evitando manchas e reduzindo custos com manutenção.

 

- Não deixa resíduos, não tem cheiro, não mancha superfícies e não causa qualquer tipo de alergia

 

- Previne o contágio por diversas doenças e processos alérgicos respiratórios

 

- Evita a formação de bolores e odores desagradáveis em roupas, móveis, carpetes, tapetes, cortinas, travesseiros, colchões e outros objetos

 

- Os produtos utilizados são aprovados pelo Ministério da Saúde (Anvisa) e Ministério da Agricultura, além de possuir laudos de eficácia e toxidade do produto emitidos por respeitados laboratórios.

 

 

Você também pode se interessar por: Entenda a importância e como funciona a limpeza da caixa d’água