Como acabar com os cupins


 

Desde os primeiros registros da história, alguns insetos têm causado efeitos adversos da humanidade, nos animais úteis e de estimação. Estes insetos podem transmitir doenças e causar prejuízo pelo mundo todo. Os microrganismo causadores da peste bubônica, febre tifoide, infecções gastrintestinais, encefalites, hepatites e de varias outras afeições pode ser transmitido por inseto vetores.

Dedetização é fundamental para manter o seu negócio e sua residência longe das pragas urbanas. 

 

Nada traz horror a um proprietário de casa como o pensamento de ter uma infestação de cupins. Capaz de causar danos graves e caros para qualquer casa, os cupins são as pragas indesejáveis. A maioria das espécies de cupins comem a celulose como fonte de alimento. Madeira, tal como a que é encontrada em sua casa, é uma excelente fonte de celulose. Eles enxergam a madeira em sua casa apenas como alimentos, pois eles não podem viver dentro da estrutura de madeira por qualquer período de tempo prolongado. Todos os cupins que infestam uma casa realmente viver em um ninho que está localizado longe da madeira, geralmente subterrâneo. Isto é devido ao fato de que eles são muito frágeis e necessitam de condições específicas em que seus ninhos permaneça úmidos e não secam. Os cupins nas estruturas de madeira são simplesmente parte de uma cadeia interminável de viagens do ninho para a madeira para alimentar-se.

 
O primeiro passo para uma solução eficaz contra esses insetos consiste na inspeção minuciosa feita pelos nossos especialistas, identificando as áreas de ataque e as espécies infestantes.
 
Somente um profissional especializado sabe realizar este serviço. Ele utilizará as melhores ferramentas e agentes, eles saberá como identificar as pragas e eliminá-las. Além de garantir boa higiene, a empresa/residência estará por algum tempo livre das pragas e certificada, transmitindo maior segurança para todos que frequentam esse lugar. 
 
É claro que, depois de ter controlado a infestação de cupins ou para impedir que aconteça, em primeiro lugar, deve-se também ter uma abordagem preventiva para o controle de cupins. 
 
Cupins Subterrâneos
 
Entre os xilófagos (Organismos que se alimentam de madeira), os cupins subterrâneos são os mais agressivos, tendo seus ninhos localizados no solo ou em lugares estratégicos, onde se abrigam os reprodutores, as ninfas e, de onde partem os operários em busca de madeira, papel, batentes, armários, estruturas de madeira ou qualquer outra fonte de material celulósico, atacando capas de cabos elétricos, mantas de impermeabilização, entre outros.
 
Os cupins subterrâneos invadem qualquer tipo de edificação e atacando às escondidas. Quando a infestação é detectada, o ataque já causou sérios prejuízos.
Tratamento de superfície: No caso de cupins subterrâneos, a colônia encontra-se fora do local de ataque. Desta maneira o tratamento do local atacado não é suficiente para controlar a infestação, pois os cupins simplesmente podem passar a atacar outro local ainda não tratado.
 
A barreira química nada mais é do que o tratamento estrutural do prédio, com o objetivo de evitar que o cupim encontre frestas de acesso à mesma.
 
Além de altamente eficiente na barreira, os cupinicidas utilizados oferecem um poderoso efeito dominó: um cupim contaminado pode acabar com até 1000 outros. Isso porque o produto é rapidamente transferido de um cupim para outro durante o processo de troca de conteúdo bucal, hábito comum entre esses insetos.
 
Cupins de Madeira Seca
 
São cupins que vivem em madeira com relativamente baixo teor de umidade. Eles não necessitam assim, contato com o solo ou com outra fonte de umidade. A própria madeira e o ambiente em que vivem proveem a umidade que necessitam para sobreviver. Por viverem dentro da madeira seca, eles são frequentemente transportados de um local a outro em móveis infestados, caixas ou "contêineres" de madeira, estrados de madeira, molduras de quadros, etc.
 
Tratamento da Madeira. O tratamento direto da madeira infestada é recomendado para infestações restritas e em madeiramentos fixos. Neste caso, a solução cupinicida é injetada e pulverizada diretamente na madeira, por toda a superfície e através de furos existentes na mesma, procurando-se atingir as galerias colonizadas pelos insetos.
 
Para este tratamento, normalmente são utilizadas soluções com solventes orgânicos em vez de soluções com água, uma vez que a água na madeira pode criar condições para a proliferação de fungos ou, em alguns casos, danificar a madeira, como no caso de compensados.
 
Quando o proprietário contrata uma empresa dedetizadora, ele confia a ela o trabalho de dedetização, desratização ou descupinização. Inicialmente, deve ser realizado um levantamento sobre as pragas que atingem o local, para que o tratamento específico e correto seja escolhido.